segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Bom dia Blog Mulher Uberaba!

Primeiro, é com grande satisfação que aceitei escrever neste estimado blog Mulher Uberaba. E é sempre bom poder dar informações e sugestões nessa área tão cheia de dúvidas e perguntas.

Hoje, para começar, vamos falar da importância da atividade física para você mulher, de qualquer idade, e pretendo nas outras colunas, escrever sobre vários assuntos relacionados a esse universo tão complexo como de vocês, mulheres.

A prática regular de atividade física tem seus benefícios já bem comprovados para ambos os sexos. Fazer exercícios regularmente é tão importante para a saúde, quanto cuidar da alimentação e do sono. Além de saudável, a atividade física promove bem-estar e melhora a qualidade de vida. Para o sexo feminino, essa abordagem adquire algumas especificidades que inclui desde as diferenças do perfil hormonal e dos percentuais de gordura e massa muscular até as respostas e adaptações ao exercício.

As mulheres que optam por um estilo de vida mais saudável e incluem a prática de exercícios em sua rotina diária, reduzem o risco de doenças crônicas e suas complicações, sobretudo as cardiovasculares, metabólicas e até mesmo de alguns tipos de câncer, como o de mama, do cólon e da vesícula biliar. Além disso, melhoram a saúde óssea e reprodutiva, o humor, a autoestima, controlam os níveis de estresse e o peso corporal.

Como eu sempre digo para meus alunos, o movimento é vida, a inatividade é morte. Ou seja, nosso corpo foi feito para movimentar-se, só olharmos para nossos membros superiores e inferiores e suas articulações, músculos e tendões, todos feitos para dobrar, agachar, andar, correr.  Esse é um pressuposto importante, já que a atividade física pode e é um dos fatores de melhora de qualidade de vida e de longevidade.

A mulher tem, em sua genética, a tendência ao acúmulo de gordura, o que lhe confere o aspecto mais modelado que os homens. O organismo feminino se torna flácido mais cedo do que o masculino apresentando mais gorduras localizadas. E novamente a atividade física pode retardar estes sintomas.

Isto tudo abre caminho a diversas enfermidades, inclusive emocionais. Entretanto, a mulher tem as mesmas condições de desenvolver força, agilidade, resistência e outras qualidades físicas. Ela apresenta-se com cerca de 70% da força do homem, mas isto não significa, em hipótese alguma, que ele é mais forte. É que existem diferenças próprias do sexo.
Mas lembrem-se que atividade física deve ser prescrita por um profissional habilitado. Entre uma variedade muito grande de exercícios, atualmente as modalidades favoritas do sexo feminino são a musculação, a corrida, o pilates e a ioga. Portanto, não há uma única modalidade capaz de atender a todas as necessidades e expectativas. Na hora de optar por uma atividade, o mais importante é tentar escolher aquelas que lhe agradem e que possam contemplar todos os componentes da aptidão física relacionados à saúde. Assim, para obter melhores resultados é crucial combinar um conjunto de atividades de condicionamento cardiorrespiratório (como as caminhadas/corridas, natação etc.), com atividades de aptidão muscular (musculação, pilates, etc.), flexibilidade e composição corporal.

Por fim, o aumento da atividade física deve ser gradual, com o uso de equipamentos e vestimentas apropriados. Se já iniciou, mantenha-se firme para atender seus propósitos com o exercício. Se ainda não começou, estabeleça metas, organize-se, planeje e siga em frente!

Gustavo Delfino Assunção
Treinamento Personalizado

Reações:

0 comentários: